São Paulo a capital mundial do grafite

São Paulo produziu alguns dos melhores artistas de Street Art do mundo!

São Paulo é a cidade brasileira mais influente no cenário global, sendo considerada a 14ª cidade mais globalizada do planeta. Além de ser o centro financeiro do continente sul-americano, São Paulo é uma das cidades mais criativas e culturalmente diversas do mundo.

São Paulo oferece opções de programas para todos os gostos. Quando o assunto é arte e cultura então, o que não faltam são lugares com as mais diversas programações.

A Vila Madalena é conhecida pela boemia, badalação, modernidade e também pela arte de rua, especificamente a Beco do Batman. Mas a Vila, como moradores gostam de chamar o bairro, também tem arte de rua na maioria das ruas protegidas de árvores. Outro beco que vale a pena explorar é o Beco do Aprendiz.

Beco do Batman

Este beco é coberto de arte de rua. As paredes das casas são compostas por uma mistura entre a tinta e as plantas. Neste beco, todo graffiti é feito após a permissão do proprietário, a entrada é na Rua Harmonia e termina na Rua Medeiros de Albuquerque.

Sua história começou na década de 1980, quando foi encontrado nas paredes do bairro um desenho do homem-morcego dos quadrinhos. O acontecimento atraiu estudantes de artes plásticas, que começaram a fazer desenhos de influência cubista e psicodélica nas paredes do Beco, formando a galeria de paredes totalmente cobertas.

Beco do Batman
Beco do Batman
Beco do Batman arte são paulo
Beco do Batman na Vila Madalena

Beco do Aprendiz

A Beco do Aprendiz foi transformado em uma galeria de arte ao ar livre com o trabalho de dezenas de artistas de graffiti. O nome – traduzido para “aprendiz de beco” – sugere o fato de que esses artistas não conseguiram reivindicar um espaço em Beco do Batman, mas como você verá, eles são tão bons e tão criativos.

Beco do Aprendiz
Beco do Aprendiz
Beco do aprendiz em São Paulo
Beco do Aprendiz

Cambuci

É impossível falar de graffiti em São Paulo e não mencionar o bairro de Cambuci . Considerado um dos bairros mais tradicionais de São Paulo, foi aqui que os artistas famosos Otávio e Gustavo Pandolfo, conhecidos como OsGemeos começaram e onde você ainda pode ver muitas de suas obras anteriores.

Nomes de grafiteiros famosos não faltam nos muros e fachadas do bairro: Nina Pandolfo, Nunca, Vitché, Finok, ISE, Cris Rodrigues.

Grafite coletivo feito por OsGemeos, Nunca e Nina Pandolfo
Grafite coletivo feito por OsGemeos, Nunca e Nina Pandolfo
OsGemeos Vitché
No Cambuci, a esquerda obra dos OsGemeos, a direita arte de Vitché

Avenida Cruzeiro do Sul

A Avenida Cruzeiro do Sul, localizada no extremo norte da cidade, é considerada por muitos conhecedores de arte de rua como o primeiro Museu Aberto de Arte Urbana em São Paulo. Nos últimos anos, os 33 pilares que apoiam a linha azul do metrô na estação Carandiru ganharam vários desenhos de artistas renomados, como Speto, Binho, Chivitz, Akeni, Minhau, Larkone, Onesto e Zezão.

Grafites Avenida Cruzeiro do Sul
Grafites Avenida Cruzeiro do Sul
Chivitz e Minhau na Avenida Cruzeiro do Sul
Chivitz e Minhau na Avenida Cruzeiro do Sul

Avenida 23 de Maio

Embora em 2017 o novo prefeito de São Paulo prometa retirar grande parte do graffiti na Avenida 23 de Maio , o que provavelmente permanecerá ainda deve ser impressionante. Nas 70 muralhas ao longo de uma das rotas mais movimentadas da cidade, mais de 200 artistas conseguiram se expressar e mostrar sua arte, deixando o trânsito neste corredor principal menos cansativo para aqueles que estavam presos nos engarrafamentos constantes.

.

Nina Pandolfo, Nunca e Osgemeos
Grafite de Nina Pandolfo, Nunca e Osgemeos
Grafite-23-de-maio
OsGemeos e mural de Eduardo Kobra na Avenida 23 de maio

O artista Lobo, ama a cidade de São Paulo, e se inspira em todos estes artistas maravilhosos. Para conhecer um pouco da sua arte, cliente aqui.

 

7 Comments

Deixe Um Comentário

Seu endereço de email não será publicado